Aplicativo DosedPet para uso em Medicina Nuclear: Cálculo do volume de medicamento necessário para paciente de PET/CT.

Pedro Augusto do Nascimento, Araken dos Santos Werneck Rodrigues

Resumo


Nesse trabalho, apresentamos o Aplicativo (APP) DosePet que tem por objetivo o cálculo do volume por meio da atividade das doses administradas a pacientes de PET/CT. O software foi projetado utilizando a ferramenta Web MIT App Inventor2 para plataforma Android. O aplicativo permite avaliar a quantidade de radiação ainda existente nas instalações após as aplicações, aumentando a segurança e diminuindo as exposições, além de possibilitar maior eficiência no aproveitamento do radiofármaco.


Palavras-chave


Dose PET/CT; física médica; aplicativo

Texto completo:

PDF

Referências


José Soares Junior; Roberto Porto Fonseca; Juliano Julio Cerci; Carlos Alberto Buchpiguel; Marcelo Livorsi da Cunha; Marcelo Mamed; Sérgio Altino de Almeida. Lista de recomendações do Exame PET/CT com18F-FDG em Oncologia. Consenso entre a Sociedade Brasileira de Cancerologia e a Sociedade Brasileira de Biologia, Medicina Nuclear e Imagem Molecular. Radiol Bras vol.43 no.4 São Paulo July/Aug. 2010.

Solange Amorim Nogueira; Henrique Manoel Lederman; Jairo Wagne; Lilian Yuri Yamaga; Marcelo Livorsi da Cunha; Marcelo Buarque de Gusmão Funari. Estudo comparativo da qualidade de imagem dos modos de aquisição da PET: validação de um protocolo para reduzir a dose de radiação. Radiol Bras vol.42 no.2 São Paulo Mar./Apr. 2009

Madsen M T et al, AAPM Task Group 108: PET and PET/CT Shielding Requirements. Medical Physics, Vol. 33, N° 1, Janeiro 2006.

Robilotta CC. A tomografia por emissão de pósitrons: uma nova modalidade na medicina nuclear brasileira. Rev Panam Salud Publica. 2006; 20(2/3):134–42

CNEN. Diretrizes Básicas de Proteção Radiológica . CNEN NN-3.01:2011 Setembro/2011.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância Sanitária. Diretrizes de proteção radiológica em radiodiagnóstico médico e odontológico. Portaria nº 453, de 1º de junho de 1998.

MIT App Inventor, Explore MIT App Inventor, 2015. Disponível em: , acessado em 20 de janeiro de 2016.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Brasileira de Física Médica

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia