Estudo de Modelos Matemáticos para a Análise Térmica na Pele Humana

Thays Rolim Mendes de Oliveira, Gylles Ricardo Ströher, Neyva Maria Lopes Romeiro, Gisely Luzia Ströher

Resumo


O melanoma é considerado o mais perigoso dos cânceres de pele, isso porque ele apresenta alta taxa de metástase e o maior índice de mortalidade por tumores cutâneos.  Uma forma de reduzir esse índice seria o diagnóstico precoce do tumor. Imagens térmicas associadas a modelos matemáticos térmicos da pele têm-se mostrados muito eficazes no diagnóstico de melanomas, isso porque juntamente com a lesão surgem vasos sanguíneos, o que provoca um aumento da temperatura no local. No presente trabalho são apresentados resultados de simulações numéricas do comportamento térmico da pele por meio do modelo Dual Phase Lag (DPL).  A solução numérica do modelo foi obtida por meio do método de diferenças finitas utilizando um esquema implícito. Os resultados obtidos numericamente foram comparados com soluções analíticas e numéricas disponíveis na literatura, obtendo-se excelente concordância entre as soluções. Os parâmetros do modelo DPL foram também explorados para obter a solução numérica do modelo Single Phase Lag (SPL) e do modelo clássico de Pennes, estes três modelos foram avaliados quanto à qualidade de previsão para um caso real clínico para a situação em que a pele apresenta uma região não sadia pela presença de um melanoma.

Palavras-chave


Análise Térmica; Pele Humana; Melanoma; modelo Dual Phase Lag (DPL)

Texto completo:

PDF

Referências


Inca.gov.br [página da internet]. Brasil: Instituto Nacional do Câncer; [acesso 2018 Mar 9]. Disponível em: http://www2.inca.gov.br/wps/wcm/connect/tiposdecancer/site/home/pele_melanoma/definicao+.

Bezerra LA. Uso de imagens termográficas em tumores mamários para validação de simulação computacional. [Dissertação de Mestrado]. Recife. Universidade Federal de Pernumbuco, 2007.

Pennes HH. Analysis of tissue and arterial blood temperature in the resting human forearm. Jour-nal of Applied 1948. Physiology 1, 93-122.

Wissler EH. Pennes’ 1948 paper revisited. American Physiological Society 1998. 8750-7587

Bueno FR. Análise inversa com uso de Algoritmo Genético para localização de tumores de pele em três dimensões utilizando Elementos de Contorno com Reciprocidade Dual. [Tese de Doutorado]. Brasília: Universidade de Brasília; 2012.

Cattaneo C. Sulla conduzione del calore. Atti del Semin. Mat. e Fis. Univ. Modena 1948; vol. 3, n. 3.

Vernotte P. La v´eritable ´equation de la chaleur. Comptes Rendus de Seances de L’Academie des Sciences 1958; vol. 247, pp. 2103-2105.

Chiwicowsky LD. Uso da função de transferência em problemas de condução do calor com a lei de Fourier Modificada. [Dissertação de Mestrado]. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul. ; 2002.

Bittencourt T PC. Comparação entre o modelo de pennes e de duplo retardo para a biotransferência de calor na região ao redor da tireoide. [Trabalho de conclusão de curso]. Rio de Janeiro: Escola Politécnica da Universidade Federal do Rio De Janeiro; 2017

Çetigül MP, Herman C. Quantification of the thermal signature of a melanoma lesion. International Journal of Thermal Sciences 2011. 50, 421-431.

Nobrega S, Coelho PJ. A parametric study of thermal therapy of skin tissue. Journal of Thermal Biology 63 2017. 92–103

Mitra K, Kumar S, Vedavarz A, Moallemi MK. Experimental Evidence of Hyperbolic Heat Conduction in Processed Meat. Transactions of the ASME 1995.

Sperandio D, Mendes JT, Silva LHM. Calculo Numérico, características matemáticas e computacionais dos métodos numéricos. São Paulo: Pearson Prentice Hall; 2003.

Mendes, TR. Ströher GR, Romeiro NML. Avaliação do formato de armazenamento Compressed Sparse Row para resolução de sistemas de equações lineares esparsos. Engevista 2017; v. 19, n. 4.

Lin S, Li C. Analytical solutions of non-Fourier bio-heat conductions for skin subjected to pulsed laser heating. International Journal of Thermal Sciences 2016; 110, 146p

Shih T, Yuan P, Lin WL. Kou HS. Analytical analysis of the Pennes bioheat transfer equation with sinusoidal heat flux condition on skin surfasse. Medical Engineering & Physics 29 (2007), 946–953

Liu J, Xu LX. Estimation of blood perfusion using phase shift in temperature response to sinusoidal heating the skin surface. IEEE Trans Biomed Eng 1999;46:1037–43.

Dutta A, Kim K, Mitra K, Guo Z. Experimental Measurements And Numerical Modeling Validation of Temperature Distribution In Tissue Medium During Short Pulse Laser Irradiation. Proceedings of IMECE. 2007. ASME International Mechanical Engineering Congress and Exposition November 11-15, 2007, Seattle, Washington, USA.

Andrews CJ, Cuttle L, Simpson MJ. Quantifying the role of burn temperature, burn duration and skin thickness in an in vivo animal skin model of heat conduction. International Journal of Thermal Sciences 101 2016.

Saccomandi P, Schena E, Caponero MA, Matteo FMD, Martino M, Pandolfi M, Silvestri S.Theoretical Analysis and Experimental Evaluation of Laser-Induced Interstitial Thermotherapy in Ex Vivo Porcine Pancreas. IEEE Transactions on biomedical engineering, vol. 59, no. 10, october 2012.




DOI: http://dx.doi.org/10.29384/rbfm.2018.v12.n1.p42-48

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista Brasileira de Física Médica

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia