Análise do efeito da exposição solar natural e simulada em lentes de óculos de sol: um estudo sobre a degradação dos materiais

Leonardo Mariano Gomes, Liliane Ventura, Mauro Masili

Resumo


Este trabalho teve como objetivo investigar a degradação das lentes de óculos de sol após um curto período de exposição à radiação solar em duas diferentes condições. Um conjunto de 30 pares de lentes de óculos de sol foi testado, sendo que as lentes direitas foram expostas em uma estação automática de exposição solar, ou seja, em condições naturais, e as lentes esquerdas foram expostas em um simulador solar de acordo com os parâmetros da norma NBR ISO 12312-1:2015. Na estação solar, o tempo total de exposição foi de 115 h e no simulador solar, de 100 h. Medidas de espectroscopia das lentes foram feitas antes e depois do período de exposição para cada experimento, e por meio destas medidas foram calculadas as transmitâncias UV, Visível e Infravermelho (IR) das lentes, além da dose de radiação UV eritêmica acumulada para os dois casos. O tempo de exposição não foi suficiente para causar degradação nas lentes, porém foi possível verificar algumas características, como diferenças entre as lentes de um mesmo modelo, e diferenças entre as condições dos experimentos que podem influenciar os resultados futuros e a degradação das lentes

Palavras-chave


óculos de sol; radiação UV; degradação dos materiais; exposição solar.

Texto completo:

PDF

Referências


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR ISO 12312-1: Proteção dos olhos e do rosto – óculos para proteção solar e óculos relacionados – parte 1: óculos para proteção solar para uso geral. Rio de Janeiro, 2015. 26 p.

Chou, B. Ralph; Dain, Stephen J.; Cheng, Brian B. Effect of Ultraviolet Exposure on Impact Resistance of Ophthamic Lenses. Optometry and Vision Science: Volume 92 - Issue 12 - p 1154–1160, 2015.

Masili, M., Schiabel, H., & Ventura, L. Contribution to The Radiation Protection. Radiation Protection Dosimetry, pp. 1-9, 2014.

INTERNATIONAL STANDARD ORGANIZATION. ISO 12311: Personal protective equipment — Test methods for sunglasses and related eyewear, 2013.

Masili, M., Ventura, L. Equivalence between solar irradiance and solar simulators in aging tests of sunglasses. Biomedical Engineering Online (Online), p. 86-98, n. 2016.

L. M. Gomes, M. Masili, G. A. Momesso, F. M. Silva, and L. Ventura "Solar exposure of sunglasses: aging test display", Proc. SPIE 10474, Ophthalmic Technologies XXVIII, 104741N, 2018.

LEMA.Unit to determine the stability to UV radiation. Fonte: LemaParma: http://www.lemaparma.it/old/pdf/ottica.strumenti.controllo.xenon.suntest.pdf, Acessado em 23/03/2019.

M. de Paula Corrêa “Solar ultraviolet radiation: properties, characteristics and amounts observed in Brazil and South America “. An. Bras. Dermatol. vol.90 no.3 Rio de Janeiro 2015.

M. Masili, H. Schiabel, L. Ventura “Cálculo da Irradiância e Exposição Radiante para a Radiação UV Solar: Contribuição Das Componentes Direta, Difusa e Refletida ”. Anais do XXIV Congresso Brasileiro de Engenharia Biomédica – CBEB 2014, Uberlândia, 2014.




DOI: http://dx.doi.org/10.29384/rbfm.2019.v13.n3.p47-52

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Brasileira de Física Médica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Revista Brasileira de Física Médica - RBFM

ISSN: 1984-9001

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia