Produção de Matrizes e Alvos de Baixo Custo para Simuladores em Mamografia e Ultrassonografia

Giule Martins Ferreira, Sergio Luiz Libel Junior, Ivan Pagotto, Renato Doro, Anna Luiza Malthez

Resumo


O câncer de mama é o tipo de câncer que mais mata mulheres no mundo, sendo o segundo tipo mais comum entre elas. Desta maneira, os exames de imagem, como a mamografia e a ultrassonografia, se destacam para um diagnóstico precoce e para o rastreamento de lesões. Atual e mundialmente, a mamografia é o padrão ouro na detecção precoce do câncer de mama em mamas de densidade média ou baixa, sendo que para as mais densas o exame deve ser complementado com a ultrassonografia. Para um diagnóstico de qualidade, no caso da mamografia, são combinados fatores como equipamentos calibrados, parâmetros técnicos adequados e profissionais qualificados. Enquanto que, na ultrassonografia, a seleção do transdutor, frequência, ou qualquer outro parâmetro do equipamento que possa influenciar na qualidade da imagem é de responsabilidade do profissional que executa o exame. Levando em conta o alto custo de materiais simuladores e difícil acesso nos centros de treinamento profissional, este trabalho teve como objetivo a produção de matrizes e alvos de baixo custo para utilização em treinamentos em mamografia e ultrassonografia. Foram produzidas e testadas matrizes aquosas à base de gelatina incolor, com adição de algumas substâncias para alteração de densidade e atenuação para mamografia, e alvos siliconados envelopados com diferentes materiais para uso em ultrassonografia. As matrizes e alvos produzidos permitiram simular mamas de alta e baixa densidade bem como tumores benignos, reproduzindo simultaneamente características de interesse tanto para aplicações em ultrassonografia como mamografia.


Palavras-chave


mamografia, ultrassonografia, simulador

Texto completo:

PDF

Referências


INCA - Instituto Nacional do Câncer. Tipos de câncer: mama [Acesso em abril de 2018]. Disponível em: http://www2.inca.gov.br/wps/wcm/connect/tiposdecancer/site/home/mama

INCA - Instituto Nacional do Câncer. Tipos de câncer: mama, detecção precoce [Acesso em abril de 2018]. Disponível em: http://www2.inca.gov.br/wps/wcm/connect/tiposdecancer/site/home/mama/deteccao_precoce

CBR - Colégio Brasileiro de Radiologia. Novo parecer sobre Ultrassonografia de mamas e axilas. São Paulo: 2018.

DATASUS. Número de equipamentos de imagem por habitante. Ministério da Saúde/SAS - Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES). 2012. [Acesso em novembro de 2018]. Disponível em: http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/deftohtm.exe?idb2012/e18.def

Ministério da Saúde. Mamografia: da prática ao controle. Recomendações para profissionais de saúde. Rio de Janeiro: INCA, 2007.

RUMACK, C. M. et al. Tratado de ultra-sonografia diagnóstica. Brasil, Elsevier, 2012.

CAVALCANTI, E. S. Desenvolvimento de um Sistema para Medida Elastográfica Dinâmica por Ultrassom. Departamento de Física – Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, São Paulo, p. 54, Brasil, 2012.

Leeds Test Objects. Mammography: TOR MAM. Inglaterra, 2014.

CAMARGO JUNIOR, H. S. A. de. BI-RADS®-ultra-som: vantagens e desvantagens dessa nova ferramenta de trabalho. Radiol Bras, São Paulo , v. 38, n. 4, p. 301-303, Aug. 2005 . [Acesso em abril de 2019]. Disponível em : http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842005000400013&lng=en&nrm=iso

NICOLA, H. Índice de resistividade no diagnóstico diferencial dos nódulos mamários. 2013.




DOI: http://dx.doi.org/10.29384/rbfm.2019.v13.n3.p20-23

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Brasileira de Física Médica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Revista Brasileira de Física Médica - RBFM

ISSN: 1984-9001

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia