Análise da influência das variações dos parâmetros de controle de qualidade na determinação da dose absorvida em água

Lucas A. Radicchi, Leandro S. Baptista, Petrus Paulo C. E. da Silva

Resumo


A condição de referência estabelecida para determinação da dose absorvida em água, segundo o TRS-398, depende de alguns parâmetros eletromecânicos do acelerador linear. Assim, em princípio, incertezas na definição desses parâmetros podem ocasionar variação na dosimetria da máquina. O objetivo do presente estudo é avaliar a influência que as alterações nos parâmetros de controle de qualidade, cujos limites de tolerância são estabelecidos pelo TECDOC-1151, causam no resultado da dosimetria do feixe de fótons. Para isso, foram variados alguns parâmetros do acelerador (ângulo de gantry e de colimador, tamanho de campo e distância foco-superfície) e o posicionamento da câmara de ionização. Os resultados dessas alterações na dosimetria foram avaliados. Nos intervalos de variações dos itens de controle de qualidade (que foram além das tolerâncias estabelecidas pelo TECDOC-1151), os desvios ficaram menores que 1% da referência para todos os parâmetros analisados; os desvios para variações na posição da câmara foram menores que 0,2% para variações laterais e longitudinais, mas chegaram a quase 3% para alterações na profundidade.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.29384/rbfm.2010.v4.n1.p27-30

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Revista Brasileira de Física Médica

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia