Redução de exposições médicas e ocupacionais pela otimização de procedimentos de trabalho em equipamento de fluoroscopia no Hospital Universitário de Santa Maria (RS)

  • Guilherme L. Weis
  • Thiago V. Claus
  • Tadeu Baumhardt
  • Luiz A. Shuch

Resumo

Este trabalho procura reduzir a exposição médica (dos pacientes) e ocupacional (dos trabalhadores) pela padronização de recursos disponíveis nos equipamentos de fluoroscopia empregados em procedimentos intervencionistas. Tais procedimentos utilizam equipamentos transportáveis de fluoroscopia tipo arco cirúrgico, com aplicações em ortopedia, arteriografia e implantação de marca-passos. O uso inadequado desses equipamentos gera doses de radiações excessivas tanto nos pacientes quanto nas equipes médicas. Observa-se que o equipamento, após ser ligado à rede elétrica, está pré-selecionado a trabalhar em fluoroscopia contínua e sem filtração adicional, gerando elevadas doses de radiação. Para aplicações específicas, alterações nos protocolos deverão ser realizadas conforme a indicação médica. Neste trabalho utilizou-se um equipamento de fluoroscopia marca Shimadzu, modelo Opescope Activo, dois equipamentos de monitoração de radiação, marca Radcal, modelos 9010 e 9015, duas câmaras de ionização, de 60 cc e de 180 cc, bem como um fantoma de baixo contraste e um cateter, que simulam informações do corpo humano. Foram realizadas incidências alterando as condições das exposições como taxas de quadros (qps – quadros por segundo) e filtrações adicionais. Para cada composição de parâmetros foi gerada e arquivada uma imagem, com a medida de suas respectivas doses. Estas imagens foram avaliadas por médicos radiologistas. Em casos mais extremos obteve-se uma redução de um fator 25 na exposição ocupacional (equipe médica) usando o sistema pulsado de 2 qps com o maior filtro adicional (0,3 mm Cu), comparado ao sistema contínuo sem qualquer filtração adicional. Na exposição médica (de pacientes), houve uma redução de um fator 39, às mesmas condições acima descritas. Com estes argumentos justifica-se uma otimização e padronização do uso de equipamentos de fluoroscopia, que além de proporcionar uma redução de dose nos pacientes e nas equipes médicas, aumentam a vida útil do tubo de raios X, mantendo a qualidade do diagnóstico médico.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como Citar
Weis, G. L., Claus, T. V., Baumhardt, T., & Shuch, L. A. (2015). Redução de exposições médicas e ocupacionais pela otimização de procedimentos de trabalho em equipamento de fluoroscopia no Hospital Universitário de Santa Maria (RS). Revista Brasileira De Física Médica, 7(2), 49-52. https://doi.org/10.29384/rbfm.2013.v7.n2.p49-52
Seção
Artigo Original