Mapa Espacial de Dose do Serviço de Medicina Nuclear do Hospital das Clínicas de Botucatu

Autores

  • Caio V. Oliveira
  • Caroline Mendonça
  • Eduardo T. Silva
  • Sônia M. Moriguchi
  • Kátia H. Koga

DOI:

https://doi.org/10.29384/rbfm.2013.v7.n3.p187-189

Resumo

Este trabalho foi realizado para descrever níveis de exposição ocupacional e ambiental do Serviço de Medicina Nuclear do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu. Para tal fim, foram realizadas medidas dos níveis radiométricos de pontos estrategicamente definidos, em todas as dependências, por um período de seis meses, amostrando dias e horários diferentes, em funcionamento normal da rotina do setor. Os resultados permitem estimar as expectativa de dose para cada ambiente, comparando-os com a limitação de dose estabelecida pela Comissão Nacional de Energia Nuclear, permitindo uma melhor orientação dos indivíduos ocupacionalmente expostos, indicando os pontos onde a ocupação deve ser a mínima necessária, possibilitando a redução dos riscos a exposições potenciais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

Oliveira, C. V., Mendonça, C., Silva, E. T., Moriguchi, S. M., & Koga, K. H. (2015). Mapa Espacial de Dose do Serviço de Medicina Nuclear do Hospital das Clínicas de Botucatu. Revista Brasileira De Física Médica, 7(3), 187–189. https://doi.org/10.29384/rbfm.2013.v7.n3.p187-189

Edição

Seção

Artigo Original