Uso de Isótopos Estáveis para detecção de infecção por Helicobacter pylori em humanos no Brasil

  • Vladimir E. Costa
  • Evandro T. da Silva
  • Edson M. Bruder
  • Carlos A. Ducatti
  • Maria A. M. Rodrigues

Resumo

O teste respiratório com ureia marcada com 13C (13C-UBT), utilizando como analisador o espectrômetro de massa de razão isotópica (IRMS), é um diagnóstico não invasivo e com boa precisão para detectar infecção por Helicobacter pylori em humanos adultos e crianças. Este teste, analisado com IRMS, ainda não é empregado no Brasil. O objetivo deste trabalho é avaliar o 13C-UBT analisado por IRMS para detecção da infecção por H. pylori comparando com o exame histopatológico em pacientes submetidos ao exame de endoscopia digestiva alta no Hospital das Clínicas de Botucatu. Os resultados mostraram que a avaliação do método de diagnóstico 13C-UBT analisado com IRMS, para detecção de infecção por H. pylori, foi excelente, considerando a comparação com o exame histopatológico. Essa avaliação era esperada, pois o 13C-UBT possui alta sensibilidade e especificidade para o exame quando comparado a outro métodos de diagnóstico, mas ainda não tinha sido realizado no Brasil. Para a área de clínica médica, o 13C-UBT apresenta uma evolução importante, pois pode facilitar tanto o diagnóstico, como o tratamento da infecção por H. pylori. Para a pesquisa no Brasil, o 13C-UBT contribui tanto a área da Física Médica como para a epidemiologia e farmacologia. Com isso, foi concluído que o 13C-UBT pode ser utilizado para diagnosticar infecção do H. pylori em pacientes no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como Citar
Costa, V. E., da Silva, E. T., Bruder, E. M., Ducatti, C. A., & Rodrigues, M. A. M. (2015). Uso de Isótopos Estáveis para detecção de infecção por Helicobacter pylori em humanos no Brasil. Revista Brasileira De Física Médica, 7(3), 191-194. https://doi.org/10.29384/rbfm.2013.v7.n3.p191-194
Seção
Artigo Original