Comparação das respostas de termoluminescência e de luminescência opticamente estimulada de amostras de BeO em feixes padrões de radiodiagnóstico convencional

  • Daniela P. Groppo
  • Linda V. E. Caldas

Resumo

Neste trabalho foi estudada a possibilidade de aplicação de amostras de BeO na dosimetria de feixes de radiação X, comparando-se as respostas de termoluminescência (TL) e de luminescência opticamente estimulada (OSL), para se determinar a melhor técnica para dosimetria de feixes de radiodiagnóstico convencional. Os testes realizados são de extrema importância para caracterização de materiais a serem empregados como dosímetros. O óxido de berílio apresentou resultados satisfatórios para ambas as técnicas, porém os obtidos com as medições em OSL apresentaram menor dependência energética, demostrando-se, portanto, a técnica mais adequada para esta finalidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como Citar
Groppo, D. P., & Caldas, L. V. E. (2015). Comparação das respostas de termoluminescência e de luminescência opticamente estimulada de amostras de BeO em feixes padrões de radiodiagnóstico convencional. Revista Brasileira De Física Médica, 7(3), 199-203. https://doi.org/10.29384/rbfm.2013.v7.n3.p199-203
Seção
Artigo Original