Avaliação preliminar do protocolo de cintilografia de tumores neuroendócrinos com meta-iodobenzilguanidina (mIBG) marcado com 123I

  • Danillo Menezes Oliveira Hospital de Urgência de Sergipe Gov. João Alves Filho
  • Janaína Dutra Silvestre Mendes Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva

Resumo

Os tumores neuroendócrinos têm a propriedade de captar meta-iodobenzilguanidina (mIBG) e por conta disto é possível realizar cintilografia marcando esta molécula com 123I. Entretanto, o 123I apresenta algumas particularidades, como a liberação de raios X de baixa energia, que dificulta na medida da atividade pelo medidor de atividade, além disso, emite uma intensidade significativa de radiação gama de alta energia, prejudicando a qualidade da imagem. O protocolo de aquisição da cintilografia de tumores neuroendócinos foi avaliado neste trabalho e recomendações necessárias para otimização deste protocolo serão estudadas para garantir uma imagem de qualidade com o mínimo detrimento possível ao paciente.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2016-04-03
Como Citar
Oliveira, D. M., & Mendes, J. D. S. (2016). Avaliação preliminar do protocolo de cintilografia de tumores neuroendócrinos com meta-iodobenzilguanidina (mIBG) marcado com 123I. Revista Brasileira De Física Médica, 8(1), 6-9. https://doi.org/10.29384/rbfm.2014.v8.n1.p6-9
Seção
Artigo Original