Uso da biblioteca para baixas energias no programa GATE: avaliação sobre o coeficiente de atenuação mássico efetivo

Autores

DOI:

https://doi.org/10.29384/rbfm.2010.v4.n2.p31-33

Resumo

O programa Geant4 application for emission tomography (GATE) é uma ferramenta versátil para simulações de imagens de medicina nuclear, como SPECT e PET. O GATE se beneficia das bibliotecas de processos físicos, da descrição de geometria dos detectores, do rastreamento de partículas através de materiais, da configuração de resposta de detectores e das ferramentas de visualização oferecidas pelo GEANT4. Uma das bibliotecas utilizadas para simular as interações eletromagnéticas no GATE é a low energy electromagnetic processes (LEP). O objetivo deste trabalho foi verificar o uso da biblioteca LEP pelo GATE (versão 4.0) nas simulações de barreiras em Medicina Nuclear. Foram realizadas simulações envolvendo uma fonte pontual monodirecional e monoenergética emitindo fótons de 140 keV por meio de barreiras de espessuras variáveis de água e chumbo. Os resultados mostraram concordância com o modelo teórico, indicando que o GATE utiliza corretamente a biblioteca LEP.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

Argenta, J., Hoff, G., Brambrilla, C. R., & Marques da Silva, A. M. (2015). Uso da biblioteca para baixas energias no programa GATE: avaliação sobre o coeficiente de atenuação mássico efetivo. Revista Brasileira De Física Médica, 4(2), 31–33. https://doi.org/10.29384/rbfm.2010.v4.n2.p31-33

Edição

Seção

Artigo Original