Comissionamento do sistema de planejamento para uso de correção de heterogeneidades: Construção de um fantoma de baixo custo para validação e controle de qualidade em radioterapia.

Thallis Alves Santos, Aline Ragonezi, Marcio Tokarski, Bruna Biazotto

Resumo


A implementação de correções por heterogeneidades no sistema de planejamento de tratamentos radioterápicos melhora a exatidão do cálculo de dose em pacientes submetidos a teleterapia. Estudos mostram que planejamentos sem levar em conta a correção de heterogeneidade podem produzir um subdosagem de até 20% para tumores de pulmão na entrega de dose. Para a validação é necessário adquirir um dos fantomas disponíveis comercialmente. Esses Fantomas permitem a realização dos testes recomendados pelo TRS-430 (Commissioning and Quality Assurance of Computerized Planning Systems for Radiation Treatment of Cancer) e implementação das correções de heterogeneidades. Esse trabalho visa comparar os fantomas disponíveis comercialmente e fazer a análise para construção de um próprio fantoma para validação de forma a cobrir os requisitos necessários

Palavras-chave


fantoma de heterogeneidades; radioterapia; sistemas de planejamento; verificação dosimétrica.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.29384/rbfm.2017.v11.n3.p13

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista Brasileira de Física Médica

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia