Validação dos algoritmos de cálculo de dose do sistema de planejamento XiO® considerando as correções para heterogeneidade dos tecidos

  • Leandro R. Fairbanks
  • Gustavo L. Barbi
  • William T. Silva
  • Eduardo G. F. Reis
  • Leandro F. Borges
  • Edenyse C. Bertucci
  • Marina F. Maciel
  • Leonardo L. Amaral

Resumo

Uma vez que a seção de choque para diferentes tipos de interação da radiação com a matéria tem dependência com o tipo de material ou tecido,
a presença de heterogeneidade nos mesmos influencia a dose total administrada. O objetivo deste trabalho é analisar o cálculo da distribuição de
dose dos algoritmos do sistema de planejamento XiO® (Fast FourierTransform, Convolution, Superposition, Fast Superposition e Clarkson) quando
se utiliza correção de heterogeneidade entre tecidos de diferentes densidades. Foram utilizados objetos simuladores com placas de alumínio, osso,
água sólida e cortiça e uma câmara de ionização tipo Farmer da Iba modelo FC65-G, posicionados sobre as mesmas condições no acelerador
linear ONCOR® e no CT Simulador Brilliance, para comparar a dose medida com a dose calculada pelos algoritmos do sistema de planejamento.
A diferença percentual entre os valores medidos e calculados pelos algoritmos foram menores que 5%. O método com cálculo mais preciso
para materiais de maior densidade foi o Convolution, em que esta diferença percentual foi de aproximadamente 1%. Já para materiais de menor
densidade o Superposition foi mais preciso, com diferença percentual de 1,1%.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como Citar
Fairbanks, L. R., Barbi, G. L., Silva, W. T., Reis, E. G. F., Borges, L. F., Bertucci, E. C., Maciel, M. F., & Amaral, L. L. (2015). Validação dos algoritmos de cálculo de dose do sistema de planejamento XiO® considerando as correções para heterogeneidade dos tecidos. Revista Brasileira De Física Médica, 4(3), 79-82. https://doi.org/10.29384/rbfm.2010.v4.n3.p79-82
Seção
Comunicação Técnica