Efeito de colimações de cerrobend em feixes de elétrons

  • Laura Furnari
  • Lucas D. Albino
  • Victor A. B. Ribeiro
  • Gabriela R. Santos

Resumo

Este trabalho teve como objetivo discutir o efeito das colimações de cerrobend em feixes de elétrons na prática clínica. Ao se usar colimações de cerrobend, interfere-se na forma da curva de porcentagem de dose profunda (PDP) e na dose absoluta que é liberada no paciente. Foram analisados os fatores que influenciam tais parâmetros e avaliado em quais casos é necessário fazer uma correção devido à presença da colimação. Confirmou-se que, quando a menor dimensão da colimação é inferior ao raio necessário para que haja equilíbrio de espalhamento lateral, a colimação altera a PDP e, portanto, tal alteração deve ser levada em conta no planejamento. Para uma colimação muito utilizada em tratamentos de cabeça e pescoço, encontrou-se que não é necessário aplicar nenhum fator de correção.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como Citar
Furnari, L., Albino, L. D., Ribeiro, V. A. B., & Santos, G. R. (2015). Efeito de colimações de cerrobend em feixes de elétrons. Revista Brasileira De Física Médica, 6(3), 151-158. https://doi.org/10.29384/rbfm.2012.v6.n3.p151-158
Seção
Artigo Original