Caracterização do Detector de Diamante para Comissionamento do Sistema de Planejamento Eclipse

Autores

  • Guilherme Alexandre Pavan
  • Domingos de Oliveira Cardoso INSTITUTO MILITAR DE ENGENHARIA
  • Galdson Silva Fontes INSTITUTO MILITAR DE ENGENHARIA

DOI:

https://doi.org/10.29384/rbfm.2017.v11.n1.p6-14

Palavras-chave:

detectores de diamante, campos pequenos, radioterapia, fatores output, perfis

Resumo

Detectores de diamante são uma opção no comissionamento de aceleradores lineares, principalmente em medidas de campos pequenos devido a características como: pequeno volume sensível (0.004mm3) e baixa dependência energética, atributos desejáveis para medidas de porcentagem de dose profunda (PDP), fatores output e perfis. Esse estudo teve como objetivo caracterizar o detector de diamante microDiamond 60019 da PTW em relação à linearidade, dependências: energética, direcional e com a taxa de dose; além de comparar medidas de PDP, fatores output e perfis com algumas câmaras de ionização e diodo. Também foram analisadas duas modelagens do sistema de planejamento Eclipse, realizadas com dados de comissionamentos de um acelerador TrueBeam obtidos com a câmara CC13 e com o diamante. Desvios de linearidade menores que 0.5% foram obtidos na faixa de 50cGy a 20Gy para energias de 6,10 e 15MV. Variações menores que 0.5% para dependência energética e taxa de dose e dependência angular inferior a 0.5% nas direções axial e polar foram observadas. Nos fatores output de campos pequenos o diamante apresentou leituras relativas superiores às câmaras: CC13, PintPoint3D e CC01 e semelhante ao diodo. Na PDP mostrou superioridade na definição das regiões de buildup e superfície. Nos perfis de campos pequenos mostrou melhor definição da penumbra em relação às câmaras de ionização e em relação ao diodo foi equivalente, sendo superior na região de cauda de campos grandes. Nas duas modelagens do Eclipse não houve diferenças significativas para análises gamma 1%3mm para PDP e perfis, apesar do diamante apresentar erros gamma médios menores. A análise do Collimator Backscatter Factors (CBSF) para os dois conjuntos de medidas mostrou diferenças principalmente para os campos pequenos. Os resultados desse estudo indicam que o detector de diamante é um dos mais versáteis do mercado em diferentes situações de um comissionamento, principalmente para medidas em campos pequenos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Ahnesjö A, Saxner M, Trepp A. A pencil beam model for photon dose calculation. Med Phys. 1992;19(2):263–73.

Das IJ, Cheng C-W, Watts RJ, Ahnesjö A, Gibbons J, Li XA, et al. Accelerator beam data commissioning equipment and procedures: report of the TG-106 of the Therapy Physics Committee of the AAPM. Med Phys. 2008;35(9):4186–215.

Laub WU, Wong T. The volume effect of detectors in the dosimetry of small fields used in IMRT. Med Phys. 2003;30(3):341–7.

Das IJ, Ding GX, Ahnesjö A. Small fields: nonequilibrium radiation dosimetry. Med Phys. 2008;35(1):206–15.

McKerracher C, Thwaites DI. Assessment of new small-field detectors against standard-field detectors for practical stereotactic beam data acquisition. Phys Med Biol. 1999;44(9):2143–60.

Torsti T, Korhonen L, Medical V. Using Varian Photon Beam Source Model for Dose Calculation of Small Fields. 2013.

Disher B, Hajdok G, Gaede S, Battista JJ. An in-depth Monte Carlo study of lateral electron disequilibrium for small fields in ultra-low density lung: implications for modern radiation therapy. Phys Med Biol [Internet]. 2012;57(6):1543–59. Available from: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22391122

Almaviva S, Marinelli M, Milani E, Prestopino G, Tucciarone A, Verona C, et al. Chemical vapor deposition diamond based multilayered radiation detector: Physical analysis of detection properties. J Appl Phys. 2010;107(1).

Almaviva S, Marinelli M, Milani E, Tucciarone A, Verona-Rinati G, Consorti R, et al. Synthetic single crystal diamond diodes for radiotherapy dosimetry. Nucl Instruments Methods Phys Res Sect A Accel Spectrometers, Detect Assoc Equip. 2008;594(2):273–7.

Low D a., Harms WB, Mutic S, Purdy J a. A technique for the quantitative evaluation of dose distributions. Med Phys [Internet]. 1998;25(5):656–61.

Liu HH, Mackie TR, McCullough EC. Modeling photon output caused by backscattered radiation into the monitor chamber from collimator jaws using a Monte Carlo technique. Med Phys [Internet]. 2000;27(4):737.

Downloads

Publicado

2017-10-16

Como Citar

Pavan, G. A., Cardoso, D. de O., & Fontes, G. S. (2017). Caracterização do Detector de Diamante para Comissionamento do Sistema de Planejamento Eclipse. Revista Brasileira De Física Médica, 11(1), 6–14. https://doi.org/10.29384/rbfm.2017.v11.n1.p6-14

Edição

Seção

Artigo Original

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)